CULTURA INDÍGENA É PAUTA DO ENCONTRO DOS GRUPOS DE CONVIVÊNCIA

A riqueza da diversidade sociocultural dos povos indígenas representa uma poderosa arma na defesa dos seus direitos e hoje alimenta o orgulho de pertencer a uma cultura própria e de ser brasileiro originário. A cultura indígena em nada se refere ao grau de interação com a sociedade nacional, mas com a maneira de ver e de se situar no mundo; com a forma de organizar a vida social, política, econômica e espiritual de cada povo. Neste sentido, cada povo tem uma cultura distinta da outra, porque se situa no mundo e se relaciona com ele de maneira própria

E foi pensando nisso que o encontro dos grupos do serviço de convivência das mulheres e dos idosos trouxe a participação especial de integrantes da comunidade indígena do nosso município para explanar sobre o tema. Com um forte apelo cultural e de preservação ao nosso legado os integrantes propuseram uma reflexão sobre a necessidade de resguardar o legado cultural, pois isso manifesta a história de uma nação. Aliás, são povos que representam culturas, línguas, conhecimentos e crenças únicas, e sua contribuição ao patrimônio mundial – na arte, na música, nas tecnologias, nas medicinas e em outras riquezas culturais – é incalculável. Eles configuram uma enorme diversidade cultural, uma vez que vivem em espaços geográficos, sociais e políticos sumamente diferentes.

Fonte: Assessoria de Imprensa Prefeitura de Ibiraiaras